11 e 12/11
25 e 26/11
09 e 10/12


      A Sessão Zoom continua, não pode parar. Com esta programação, encerramos o ciclo de 18 filmes em 35mm do ano de 2007, apresentando dois filmes brasileiros e um francês. Os três são frutos da mais recente verve audiovisual, polêmicos e inquietantes, e já consagrados em festivais – este, o foco da Sessão Zoom.

      Querô é o primeiro filme. Trata-se da estréia na direção em longas de ficção de Carlos Cortez, tarimbado documentarista. Querô deve tanto a Babenco e seu Pixote - a lei do mais fraco, quanto o capitão Nascimento de Tropa de Elite deve ao oficial Marcos de Notícias de uma guerra particular. Mas Hector Babenco e Cortez fazem menos do que parece conferir beber da mesma fonte, e ainda transpor este universo aos meios cinematográficos, que tem como palco as ruas de Santos dos anos atuais (o texto pedia os 70, e o filme de Babenco tem ação no começo dos 80). Confira.

      O francês Amantes constantes é nossa segunda escolha para Novembro. A fita de Philippe Garrel é quase um desafio pela sua estendida duração de três horas. O ritmo lento, a fotografia em preto e branco, a câmera parada em planos seqüência teatralmente elaborados, que têm como plano de fundo a revolução estudantil e operária da Paris de 1968 e pressuposto de história o romance entre um poeta e uma musa - todos fatores que dificultam esta jornada. Mas são estes mesmos elementos que trabalham em conjunto sinestésico, construindo um significado que envolve a tudo e a todos. Amantes contantes é insidioso, irriquieto, irreverente.

      A honra de encerrar o ciclo de cinema de 2007 da Sessão Zoom recai sobre a pátria de chuteiras, e mais uma produção da nova onda. Trata-se do controverso Baixio das bestas, de Cláudio Assis. O diretor de Amarelo manga volta a provocar o público, usando como trama o tecido costurado por personagens amorais envoltas numa situação de penúria e calamidade. Adultos e crianças são cozinhados em fogo lento pelo diretor, que, com pouco esforço, aterroriza para acordar, polemizando.

      Desejamos boas sessões, e retornamos com as nossas atividades em película 35mm em Março de 2008, ano do 30º aniversário desta Sessão, que pretende atividades festivas em nome disso.

Comissão Editorial da Sessão Zoom